No post anterior, nós vimos a diferença entre o envio de SPAM e uma campanha de E-mail Marketing de qualidade. Confira abaixo algumas dicas básicas para você montar seu e-mail publicitário ou newsletter com mais eficiência. Se precisar de ajuda, entre em contato conosco. A Vega Web tem uma longa experiência em Marketing Digital eficiente.

Prefira um mailing (lista de e-mails) próprio

Dicas de E-mail MarketingPor motivos óbvios, só utilize uma lista de e-mail que você mesmo montou, já que o envio de e-mail marketing se dá mediante consentimento do usuário.

Personalize sua mensagem

Seu usuário precisa perceber de imediato que a mensagem é direcionada a ele. Por exemplo, coloque o nome do destinatário no assunto do e-mail ou no corpo da mensagem.

Evite usar apenas imagens

Muitos servidores de e-mail e também os próprios usuários (eu, por exemplo!) bloqueiam a visualização de imagens nos e-mails. Se toda a força de sua mensagem está na imagem, suas horas de criação foram em vão…

Credibilidade e relevância

As chances de seu e-mail ser visualizado aumentam se você deixar claro quem é o remetente e porque está enviando esta mensagem.

Assunto e remetente

Este tópico está ligado diretamente ao anterior. A escolha do assunto de sua mensagem e o nome do remetente é fundamental na decisão de abertura de um e-mail. Eu por exemplo, para agilizar a limpeza de minha caixa postal, leio apenas o assunto e o remetente e vou apagando o que não me interessa.

Índice de visualizações gira em torno de 20%

Se sua mensagem possui um assunto interessante, que vai ao encontro dos interesses do usuário e vem de uma fonte conhecida, as chances de sua mensagem ser lida chegam a 20%. E isso é um número bastante considerável em mídias de massa. Mas não se iluda: ler não significa comprar o seu produto, mas já é um começo.

Evite algumas expressões como:

“Clique aqui”, “promoção”, “acesse”, “de/para sua empresa”, “visite”, “remover”, “saiba mais” entre outras do gênero. Ao usar essas palavras, sua mensagem pode ser considerada “texto suspeito” em alguns servidores.

Acompanhe o índice de rejeição do e-mail marketing

Normalmente o índice de rejeição (usuário inválido, caixa postal cheia, e-mail inválido etc.) gira em torno de 1% a 4%. Se seu índice for maior, é bom rever seu mailing.

Faça um relatório de envio e acompanhe os resultados

Para entender o resultado de sua campanha é importante ter conhecimento de alguns números: quantos e-mails foram disparados, quantos foram visualizados, quantos foram rejeitados, quantos opt-outs (descadastrados). A partir de uma análise desses dados você pode encontrar algumas respostas e parâmetros para melhorar sua próxima campanha.

Respeite os opt-outs (e-mails descadastrados)

Se o usuário pediu para não receber mais suas mensagens, respeite a decisão dele.

Não empreste, alugue, doe ou venda o seu mailing

Quando o usuário se cadastra em seu site, ou de alguma forma permite que você envie mensagens para ele, ele está autorizando “você ou sua empresa” a enviar e-mails e não os seus parceiros. Passar seu mailing para terceiros é falta de respeito com seu usuário.

Obs.: É importante lembrar que alguns desses critérios mudam constantemente para driblar os spamers (pessoas que praticam spam) e que existem outros fatores que também refletem no resultado de campanhas online, mas se você usar apenas algumas das dicas acima já vai melhorar sensivelmente os seus resultados de sua campanha de e-mail marketing.

Patrícia Galindo
Diretora de Marketing da Vega Web